I will write this review in portuguese to my fellow compatriots. Tudo foi marcado via WhatsApp e como combinado estavam à nossa espera no aeroporto de Dar es Salaam pelas 4 da manhã o responsável pela empresa Akida e o nosso guia Alphonce. Depois de realizar o pagamento combinado seguimos na própria viatura em que faríamos o Safari ( Toyota Land Cruiser Safari) . A viagem do aeroporto até ao Mikumi Parque é longa, muito longa, seguramente mais de 6 horas Dá tempo para dormir,prep a viatura é confortável qb, e tem um transformador( solicitado) para carregar telemóveis, máquinas fotográficas etc. Pelo caminho paramos para tomar um pequeno almoço num restaurante à beira da estrada com bom aspecto. A nosso pedido foram-nos servidos ovos mexidos sumo e torradas.Pelo caminho percebe-se que o trânsito e as inúmeras operações da polícia impedem que se siga a uma velocidade superior. Á chegada pedimos ao Alphonce para primeiro passarmos pelo local da nossa estadia( camp bastian) para tomar um banho e mudar de roupa. O pedido foi amavelmente aceite e assim o fizemos. O bungalow que nos foi destinado era grande( 3 camas de casal) provavelmente o maior, com um grande chuveiro e água quente. Apesar de não ser um luxo tinha condições muito aceitáveis. Por fim iniciámos o safari. Depois de dar entrada no parque demos uma primeira volta não muito longe da entrada. Depois regressamos para escolher o menu de almoço ( dentro do parque) e demos mais uma volta pelo parque, 1 hora depois regressamos ao restaurante onde nos foi servida uma boa refeição. Depois de uma pausa seguimos novamente pelo diversos caminhos do parque à procura dos animais mais “apetecidos”: leões, leopardos etc. Infelizmente não foi o dia certo para tais avistamentos mas o Alphonce ia perguntando sempre que se cruzava com outras viaturas se tinham visto tais animais. O Parque aparentemente não é grande, ou se o é não o percorremos totalmente, mas facilmente se avistam animais como elefantes, girafas, babuínos, búfalos, zebras e pequenos mamíferos. Existe um lago onde estão os rinocerontes e uns quantos crocodilos, o único local onde é possível sair do jipe. Depois de algumas voltas e de uns falsos avistamentos dos leões, regressamos ao lago e assistimos aos elefantes virem beber ao lago, o que foi para mim foi o melhor momento. Por volta das 18 horas regressamos a camp bastian com o sol a cair. Mais tarde foi servido o jantar, em estilo buffet. Apesar da variedade não ser enorme a comida era bem confecionada e incluía entrada, prato de carne, vegetariano e sobremesa. Depois contemplamos a fogueira que foi acesa enquanto descontraímos nuns sofás O dia seguinte foi, após o pequeno almoço tomado ainda no Camp Bastian, passado em viagem . Saímos por volta das 8,30 h, chegamos ao destino por volta das 15h , bem a tempo do nosso voo para Zanzibar. A viagem foi ainda mais longa e o trânsito mais intenso. De ressaltar de toda esta experiência o profissionalismo da equipa da SAFARI 56, do responsável Akida e obviamente do nosso guia Alphonce, que fez o possível para nos proporcionar a melhor experiência possível.